MENU

LOGIN

Responsabilidade Social e Ambiental

O QUE É O PROGRAMA HOSPES?
HOSPES é o programa corporativo de Responsabilidade Social e Sustentabilidade Ambiental da Hotelaria de Portugal que, por intermédio da AHP, orienta a vocação e empenho individuais de cada um dos seus Associados e Parceiros para uma causa comum: a sustentabilidade do Turismo, nos seus três pilares: social, económico e ambiental.

 

QUANDO E COMO FOI CRIADO?
No final de 2012, no contexto de crise económica, a AHP criou um projeto que consistia na doação de colchões usados de unidades hoteleiras associadas, em bom estado de conservação mas em vias de substituição, a instituições de ação social, através da AHP.
A iniciativa teve uma enorme adesão, tanto a nível de doações de hotéis, como de solicitações por parte de instituições.  Cedo deixaram de ser só colchões os materiais doados: mobiliário, equipamentos de cozinha, equipamentos eletrónicos, roupas de cama e wc, palamenta, entre muitos outros, passaram a fazer parte do rol de donativos. E assim nasceu o projeto WE SHARE, a primeira semente do Programa HOSPES. 

 

QUE OUTROS PROJETOS FAZEM PARTE DO PROGRAMA HOSPES?
Desde 2012 que a AHP tem celebrado vários protocolos com empresas e instituições de ação social, desenvolvendo um trabalho contínuo com vista a alargar o âmbito do seu programa de Responsabilidade Social e Sustentabilidade Ambiental. Recolha de Óleos Alimentares Usados, Papel por Alimento, Recolha de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos são alguns dos vários projetos em curso.

 

COMO ADERIR A UM PROJETO?
Para saber como pode como aderir aos vários projetos de Responsabilidade Social e Sustentabilidade Ambiental que integram o Programa HOSPES contacte a AHP.

 

O QUE SÃO OS SELOS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL?
Desde 2015 que a AHP distingue os hotéis aderentes com os selos de Responsabilidade Social (WE SHARE) e Sustentabilidade Ambiental (WE CARE), com um triplo objetivo: 
- Distinguir os hotéis que contribuem para o desenvolvimento sustentável e responsável do setor através de projetos e iniciativas da AHP; 
Envolver os hoteleiros na temática da Responsabilidade Social e Sustentabilidade Ambiental,
Criar reconhecimento público, através da exibição/ afixação dos selos como certificados de empresas social e ambientalmente comprometidas.

 

QUANTOS HOTÉIS JÁ FORAM DISTINGUIDOS?
Em 2015, a entrega dos Selos AHP referentes a 2014 foi feita no 27º Congresso Anual da Hotelaria e Turismo, em Évora. Foram distinguidos 46 hotéis. Em 2016, a entrega dos Selos AHP referentes a 2015 ocorreu na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa e foram distinguidos 34 hotéis. Em 2017 foram distinguidos 89 hotéis com os Selos WE SHARE e/ou WE CARE.

 

COMO ME POSSO CANDIDATAR AOS SELOS?
A adesão aos vários projetos abrangidos pelo Programa HOSPES poderá torná-lo elegível para receber o Selo WE CARE ou o Selo WE SHARE, atribuídos anualmente pela AHP aos hotéis comprometidos com um desenvolvimento responsável e sustentável do Turismo em Portugal. Contacte a AHP para saber mais.

 

COMO É QUE O PROGRAMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA DA AHP VAI EVOLUIR?
O projeto cresceu, evoluiu e ganhou nova escala. Já não é só um conjunto de ações pontuais, iniciativas ou campanhas, mas sim um Programa de Responsabilidade Social e Sustentabilidade Ambiental. Por isso temos 3 novos objetivos:
- Criação de uma plataforma de partilha: www.hospes.pt;
- Criação de um roteiro de hotéis ambientalmente sustentáveis e socialmente responsáveis;
- Criação de uma bolsa de emprego inclusivo.

 

QUEM SÃO OS PARCEIROS DO NOSSO PROGRAMA?
Para além dos hotéis aderentes e instituições protocoladas, contamos com a generosidade e compromisso das seguintes empresas parceiras:

Roca, Groupe GM, Creative Pixel.

 

 

O atual Presidente da República, Professor Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou em 2015 ao apadrinhar o Programa de Responsabilidade Social da AHP:

“Associar o meu nome a esta iniciativa é uma honra, porque é uma daquela ideias em que tudo bate certo. Mas depois, claro, com o dinamismo próprio desta associação surgiu já outra ideia que é ainda mais ambiciosa. Esta ideia dos Selos de Responsabilidade Social e Sustentabilidade Ambiental pode ser muito importante se a sociedade portuguesa tiver a noção do que estes selos significam. Este é um exemplo. Tenho percorrido muito e conheço grandes empresas com Responsabilidade Social e confesso que esta ideia é sensacional”.

 


 CONSULTE EM BAIXO A LISTA DOS PROJETOS QUE INTEGRAM O PROGRAMA HOSPES: 

 

thumbnail

WE SHARE | Responsabilidade Social

No final de 2012, no contexto de crise económica, a AHP criou um projeto que consistia na doação de colchões usados de unidades hoteleiras associadas, em bom estado de conservação mas em vias de substituição, a instituições de ação social, através da AHP. A iniciativa teve uma enorme adesão, tanto a nível de doações de hotéis, como de solicitações por parte das instituições.  Cedo deixaram de ser só colchões os materiais doados: mobiliário, equipamentos de cozinha, equipamentos eletrónicos, roupas de cama e wc, palamenta, etc, passaram a fazer parte do rol de donativos. Neste processo a AHP funciona como catalisador: por um lado, faz o levantamento das necessidades das instituições (cujo objeto social e reconhecimento público validamos) e, por outro, sensibiliza os hotéis associados para a importância não só de doarem, mas de o fazerem através da AHP. A escala nacional e a forma concertada e articulada leva a que iniciativas esporádicas e locais das unidades hoteleiras ganhem cadência e dimensão e os bens cheguem efetivamente a quem deles mais carece. E em quatro anos o trabalho em rede fez as doações ultrapassarem qualquer expetativa!     HOTÉIS QUE CONTRIBUEM PARA ESTE PROJETO: Altis Belém Hotel & Spa, Altis Grand Hotel, Altis Prime, America Diamonds Hotel, Bairro Alto Hotel, Browns's Boutique Hotel, Brown's Downtown, BW Hotel Santa Clara, Comfort Inn Almedina Coimbra, Crowne Plaza Porto, Double Tree By Hilton Lisboa-Fontana Park, Eurosol Hotels Leiria & Jardim, Four Seasons Hotel Ritz Lisbon, Galo Resort Hotels, Grande Hotel do Porto, Holiday Inn Lisboa, Holiday Inn Lisbon-Continental, Hotel Avenida Palace, Hotel das Salinas, Hotel Durão, Hotel Ibis Budget Porto Gaia, Hotel Lisboa, Hotel Lisboa Plaza, Hotel Marquês de Pombal, Hotel Mestre Afonso Domingues, Hotel Miraparque, Hotel Mundial, Hotel NH Liberdade, Hotel Porto Santa Maria, Hotel Quinta da Marinha, Hotel Quinta das Lágrimas, Hotel Roma, Hotel Santa Maria, Hotel Velamar, Hotel Vila Park, Inspira Santa Marta, Intercontinental Lisbon, Neya Lisboa Hotel, Olissippo Lapa Palace, Pestana Alvor Atlântico, Pousada Convento de Évora, Quinta do Moinho de Vento, Sana Lisboa Hotel, Sheraton Lisboa Hotel & Spa, Sofitel Lisbon Liberdade, Solar do Castelo, Vila Galé Ericeira, Vila Galé Ópera, Vila Galé Porto, Hotel Santa Justa, Lisbon Marriott Hotel, Vilalara Thalassa Resort, Areias do Seixo, Hotel Princesa Lisboa Centro, Hotel Baía, Hotel Holiday Inn Porto Gaia. INSTITUIÇÕES BENEFICIÁRIAS: Amorama – Associação de Pais e Amigos de Deficientes Profundos | Associação Vale de Acór | Banco Alimentar da Madeira | Crescer na Maior – Associação de Intervenção Comunitária | Desafio Jovem | Girassol Solidário – Associação de Apoio dos Doentes Evacuados de Cabo Verde | Instituto para o Desenvolvimento Social dos Açores | União das Misericórdias Portuguesas | Associação Portuguesa para o Direito dos Menores e da Família - CrescerSer | ADM Estrela - Associação Social e Desenvolvimento | Associação Bagos Douro | Associação Estrela Guia | Santa Casa da Misericórdia de Lisboa | Banco de Bens Doados - Entrajuda | Acreditar - Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro | Abraço - Associação de Apoio a Pessoas com vih/sida | Fundação António Aleixo | PLAS - Plataforma Social de Odemira | Fundação AFID Diferença | Instituto da Imaculada Conceição | Solfraterno | ABLA - Associação de Beneficência Luso-alemã | ARIA - Associação de Reabilitação e Integração Ajuda | BUS - Bens de Utilidade Social | Comunidade Vida e Paz | Cruz Vermelha Portuguesa | Santa Casa da Misericórdia de Coimbra | MJAC - Associação | Direção Geral dos Serviços Prisionais | Associação Social e Cultural da Tôr | Raríssimas - Assoc. Nacional de Deficiências Mentais e Raras | CATR - Centro de Apoio Temporário para Refugiados| Somos Nós - Associação para a Autonomia e Integração de Jovens Deficientes | CPR - Conselho Português para os Refugiados | Casa dos Rapazes.    HISTÓRICO DE DOAÇÕES: DOAÇÕES EM 2013 Almofadas 410 | Camas e bases de cama 48 | Cobertores, Colchas 25 | Colchões 271 | Peças de loiça diversas 50 | Sofás 3 | Tv e Leitor DVD 1 = Total de 808 bens doados DOAÇÕES EM 2014 Almofadas 1083 | Chinelos 70 | Cobertores, colchas 296 | Colchões 30 | Cortinados 11 | Fronhas 445 | Lencóis 655 | Móveis 115 | Roupões 70 | Edredons e Sacos de édredon 67 | Sommiers 10 | Tapetes 71 | Toalhas de mesa 31 | Toalhas de rosto e banho 569 | Trolley's 8 = Total de 3.558 bens doados DOAÇÕES EM 2015  Almofadas 525 | Cobertores, Colchas 99 | Colchões 517 | Cortinados 84 | Fronhas 573 | Lençóis 428 | Roupões 86 | Sofás e cadeiras 127 | Sommiers, camas 304 | Tapetes 37 | Toalhas de banho 268 | TV's 64 | Móveis 35 | Secadores 50 | Berços 2 | Palamenta 164 | Diversos 198 = Total de 3.561 bens doados DOAÇÕES EM 2016 Colchões 625 | Camas e Sommiers 116 | Roupa de cama 2.341 | Almofadas 776 | Roupões 159 | Chinelos de quarto 520 | Peças de vestuário 66 | Atoalhados 2.707 | Toalhas de mesa 130 | Cortinados e tapetes 229 | TV's 130 | Mobiliário 746 | Palamenta 4.134 | Amenities 4.340 | Equipamentos industriais 89 | Abajours e candeeiros 148 | Diversos 803 = Total de 18.059 bens doados

Ler mais
thumbnail

WE CARE | Sustentabilidade Ambiental

Em 2016, a Associação da Hotelaria de Portugal distinguiu 89 hotéis associados com o Selo WE CARE (Sustentabilidade Ambiental). Altis Avenida │ Altis Belém Hotel & SPA │Altis Grand Hotel │Altis Prime │ Altis   Suites│Details Hotels & Resorts │ DoubleTree by Hilton Lisbon - Fontana Park  │Hotel Intercontinental Lisbon │ Stay Torres Vedras Centro │ Stay Faro Centro│ Stay Guimarães Centro│ Hotel Almedina Coimbra Centro │Hotel Santa Clara Évora    Centro │ Inspira Santa Marta Hotel │Neya Lisboa Hotel │Hotel Olissippo Lapa Palace │ Hotel   Quinta das Lágrimas │ Quinta do Moinho de Vento│ Vila Galé Albacora │ Vila Galé     Ampalius │Vila Galé Atlântico │ Vila Galé Cascais │Vila Galé Cerro Alagoa │Vila Galé Clube de Campo │ Vila Galé Coimbra │Vila Galé Douro│ Vila Galé Ericeira │ Vila Galé      Estoril │Vila Galé Évora │ Vila Galé Lagos │Vila Galé Marina │ Vila Galé Náutico │Vila Galé            Ópera │Vila Galé Collection Palácio dos Arcos │ Vila Galé Porto │ Vila Galé Praia │Vila Galé Santa Cruz │ Vila Galé Tavira Four Views Baía | Four Views Monumental | Four Views Oásis | Pestana Alvor Park | Pestana Bahia Praia | Pestana Carlton Madeira | Pestana Casino Park Hotel | Pestana D. João II |Pestana Palace | Pestana Palms | Pestana Viking | Salgados Palace | Salgados Palm Village | Hotel Lago Montargil | Palácio do Governador | Morgado Golf & Country Club | Salema Beach Village | Salgados Dunas Suites | Salgados Vila das Lagoas | São Rafael Atlântico Hotel | São Rafael Suites Hotel | Hotel Açores Atlântico | Açores Lisboa | Hotel do Canal | Hotel Marina Atlântico | S. Miguel Park Hotel | Terceira Mar Hotel | Terra Nostra Garden Hotel | Hotel Baía Cascais | Hotel Holiday Inn Porto Gaia | Hotel Intercontinental Estoril | Hotel Quinta da Marinha Resort | Hotel Rural Vale do Rio | Eden Mar | Hotel PortoBay Falésia | Hotel PortoBay Liberdade | Hotel Porto Mare | Hotel PortoBay Marquês | Hotel Porto Santa Maria | Hotel PortoBay Serra Golf | The Cliff Bay | The Residence |Pousada de Condeixa Coimbra| Praia D’El Rey Marriott Golf & Beach Resort |Skyna Hotel Lisboa |Torre de Gomariz Wine & SPA |Areias do Seixo - Empreendimentos Hoteleiros | Hotel Savoy Gardens | Hotel Royal Savoy | Penha Longa Resort

Ler mais
thumbnail

OMT | Código Mundial da Ética do Turismo

A AHP assinou a 3 de Dezembro de 2013 o Código Mundial de Ética do Turismo, um documento que promove o desenvolvimento sustentável e responsável do Turismo tendo em conta as necessidades e expectativas de todos os intervenientes.   Leia o resumo do documento (que não dispensa a leitura completa do Código Mundial da Ética do Turismo): ARTIGO 1º Turismo – a Indústria da Paz O Turismo é um importante facilitador do contacto entre diferentes sociedades, culturas, religiões e tradições, promovendo e estimulando a compreensão e o respeito pela diversidade que compõe o nosso planeta. ARTIGO 2º Vetor de desenvolvimento individual e coletivo O Turismo e os encontros que este promove constitui uma oportunidade única para o autodesenvolvimento e conhecimento, e para a aquisição de conhecimento de várias esferas: religião, saúde, educação, cultura. ARTIGO 3º Fator de desenvolvimento sustentável As atividades turísticas devem contribuir para salvaguardar o meio-ambiente e os recursos naturais do destino, e procurar causar o menor impacto possível. ARTIGO 4º O Turismo alimenta-se do património cultural da humanidade, e alimenta-o. O Turismo gera interesse e procura acrescidos relativamente a monumentos, santuários, museus e locais históricos, contribuindo para a sua preservação e valorização. ARTIGO 5º Turismo como mais-valia para os países e comunidades de acolhimento As populações locais são um dos maiores ativos de um destino, e o Turismo deve contribuir para criar riqueza, oportunidades e uma melhoria da qualidade de vida para as comunidades de acolhimento, nunca descurando a sustentabilidade do modo de vida, tradições e cultura dessas mesmas comunidades. ARTIGO 6º Obrigações dos atores do desenvolvimento turístico Os profissionais do Turismo devem contribuir para um desenvolvimento correto da atividade, prestando apenas informações verdadeiras sobre o destino, cooperando com as autoridades públicas e contribuindo ativamente para o desenvolvimento pessoal, cultural e espiritual dos turistas. ARTIGO 7º Direito ao repouso e tempos livres É obrigação de todos os intervenientes salvaguardar o direito ao repouso e aos tempos livres como oportunidade de desenvolvimento pessoal, independentemente de idade, condição social, raça ou credo. ARTIGO 8º Liberdade das deslocações turísticas A liberdade de circulação para fins turísticos deve ser encorajada e respeitada. ARTIGO 9º Direitos dos trabalhadores do Turismo Assegurar os direitos dos trabalhadores do Turismo tendo especial atenção às dificuldades impostas pela sazonalidade, a dimensão global da indústria e a flexibilidade que a natureza do trabalho impõe, preconizando o combate à precariedade do emprego no setor. ARTIGO 10º Aplicação deste código Este código preconiza a cooperação entre atores públicos e privados para o desenvolvimento sustentável e responsável do setor, e o alinhamento dos mesmos com as grandes instituições internacionais no que respeita a proteção dos direitos do homem, do ambiente e da saúde, de acordo com os princípios gerais do direito internacional.   "A OMT é guiada pela convicção de que o Turismo pode ter um contributo significativo na vida das pessoas e do nosso planeta. Esta convicção é a base do Código Mundial da Ética do Turismo, um roteiro para o desenvolvimento turístico. Convido todos a ler, divulgar e adotar este código para benefício de turistas, operadores, comunidades e meio-ambiente de todo o mundo." Taleb Rifai, Secretário-Geral da Organização Mundial do Turismo   Para mais informações contacte a AHP.

Ler mais
thumbnail

Electrão by AHP | Recolha de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos

A AHP celebrou um protocolo com a Amb3E, no âmbito do nosso compromisso no âmbito do Programa HOSPES. A Amb3E – Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos é a entidade gestora da Rede Electrão, sendo responsável pela recolha e encaminhamento para tratamento e valorização, de resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos (REEE) e resíduos de pilhas e acumuladores (RPA). Criámos em conjunto uma campanha exclusiva para os nossos Associados, denominada Electrão by AHP, que visa a recolha de equipamentos elétricos, lâmpadas e pilhas usadas. Em termos genéricos serão assegurados: - Fornecimento de meios de acondicionamento à medida das necessidades de cada hotel; - Sinalética (flyers, cartazes, autocolantes) referindo adesão do hotel à campanha; - Caso seja necessário poder-se-á efetuar uma ação de sensibilização  junto dos colaboradores do hotel; - Serão assegurados todos os procedimentos legais relativos à gestão de resíduos; - A quantidade total recolhida (de equipamentos usados) será convertida em apoio financeiro, a ser entregue a uma IPSS identificada pela AHP; - No final da campanha será emitido um relatório, cujos resultados poderão ser incluídos no relatório de responsabilidade social do hotel aderente. A adesão a esta campanha torna-o elegível a receber o Selo de Sustentabilidade Ambiental WE CARE. Para conhecer mais sobre o projeto e saber como pode contribuir contacte a AHP.  

Ler mais
A exibir 1-4 de 8 itens.